quinta-feira, 24 de abril de 2008

O Brasil não está preparado para grandes catástrofes

Essa semana as regiões Sul e Sudeste sentiram um tremor que chegou a margem de 5, 2 na escala Richter. O terremoto chegou a assustar moradores de prédios na região de Higienópolis, zona oeste da capital e também na zona sul.
Muitas pessoas com medo de desabamentos dos edifícios saíram desesperadas para as ruas e congestionaram as linhas do corpo de Bombeiros solicitando ajuda e explicação para o que estava acontecendo.
Os canais de televisão interromperam as programações para avisar o que acabara de ocorrer, durante toda a noite não falaram de outra coisa além do terremoto que teve o epicentro localizado no litoral paulista, repercutindo nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Joinville e sul de Minas Gerais.
Tudo foi muito rápido, o tremor não durou mais de cinco segundos, mas nos fez perceber que o Brasil não está preparado para sofrer grandes catástrofes, pois não temos estrutura para socorrer e abrigar as vítimas tão pouco para prevenir esses acidentes a tempo de retirar os moradores da área com antecedência.
Países que geralmente são atingidos por abalos geográficos desenvolveram importantes medidas para amenizar os estragos que esses acidentes geram. Um desses avanços mais importantes tem sido na área da construção civil. Em 1973, o código de construção civil, um conjunto de padrões internacionais para a construção civil, acrescentou especificações para reforçar os prédios contra a força de ondas sísmicas. Isto inclui o reforço de material de apoio, assim como o projeto de prédios flexíveis para absorver as vibrações sem cair ou se deteriorar.
Está na hora do Brasil acordar e tomar medidas para se prevenir em casos de desastres, e também educar o público como preparar a casa e como se deve agir em casos graves. Quem achava que o nosso país estava livre dessas ameaças da natureza se enganou, Deus deve ter desistido de ser brasileiro.

6 comentários:

Frank Morgan disse...

Tenho que concordar com certas coisas que você falou,mais outras não.
Não citarei pq se não os caracteres da postagem vão acabar e ainda nao vou ter nem começado a fala sobre esse problema que o Brasil ainda vai enfrentar.

Abraços
http://polvoloko.blogspot.com/

Gustavo J. Barreto disse...

bom, se é verdade mesmo que o Brasil ainda vai sofrer um bucado, temos que nos preparar, porém verdade seja dita, não sabemos como fazer isto.

Descharth disse...

Soube da notícia e que inclusive algumas regios no RJ sofreram abalos sísmicos, eu não notei os abalos. e espero nunca senti-los.

Será que realmente Deus deixou de ser Brasileiro?
Bem, acho que há muito tempo Deus não é Brasileiro. Afinal o nosso Prefeito (RJ-CAPITAL) foi á Bahia pedir para que o Deus levasse a dengue para o mar, e parece que não foi atendido.
Não estamos preparados para nada.
Só para sermos roubados.

- Lemon; disse...

Realmente, o Brasil é um país do sul. Fala sério, essas coisas já são raras de acontecer por aqui, mas quando acontecem é o mair fuzuê. Veja só: epidemia de dengue em pleno século vinte e um. É o cúmulo. Bom blog. ;D

Lidianne Andrade disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Lidianne Andrade disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.