Mulheres são maioria entre eleitores e só 20% dos candidatos

Essa semana o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que o número de eleitores do país ultrapassou a marca dos 130 milhões. Entre 2006 e 2008, o eleitorado brasileiro cresceu 3,7%, passando de 125.764.981 para 130.469.549.
Segundo o TSE, as mulheres não apenas mantêm o posto de maioria dos votantes no país como vêm aumentando sua participação: eram 51,3% em 2004, passaram a 51,6% no pleito de 2006 e serão 51,8% do colégio eleitoral nas eleições deste ano.
Enquanto no eleitorado brasileiro as mulheres superam os homens, no balanço parcial do registro de candidatos para as eleições municipais de 2008 indica que a participação feminina na disputa pelos cargos eletivos ainda está bem abaixo do percentual masculino.
Na cidade de Itaquaquecetuba, não há nenhuma mulher disputando a prefeitura e na briga pelo cargo de vereador somente 24% dos 283 candidatos são mulheres. Parece um número pequeno, mas está dentro da média nacional.
Segundo o TSE, dos 371.030 candidatos que disputarão os cargos de prefeito, vice-prefeito e vereadores em 5.565 municípios brasileiros, as mulheres são apenas 77.215, ou 20,8% do total.
Acredito que a participação feminina na política precisa ser estimulada, nós mulheres precisamos entender que devemos participar mais ativamente na política, aliás, temos que aproveitar que a maioria do eleitorado é mulher e coloca-las do outro lado das urnas.
Mas se lembrarmos que há alguns anos as mulheres nem poderiam votar. No Brasil, o voto feminino só veio a ser reconhecido, no sistema federal, com a aprovação do código eleitoral de 1933. Hoje, 75 anos depois, a participação feminina na política pode ser considerada uma importante conquista.
Se olharmos no cenário mundial notamos que importantes países estão sendo comandados por mulheres como é o caso da Alemanha, Chile e Argentina. Talvez o Brasil seja o próximo, mas o que precisamos entender é que indiferente do gênero precisamos de alguém com capacidade para trazer melhorias significativas para a sociedade de modo geral.

7 comentários:

leonardo disse...

nao sei se isso eh uma boa coisa ou não...
mais enfim
parabens pelo blog

sucesso 8)

http://www.britneydowns.blogspot.com

SouMusic disse...

Coisa da vida...
Ñ a toa estão entre as "minorias"...
rsrs

Blogueiro - Leandro R. disse...

Olá!
Seja Bem-Vinda à Blogosfera.

Hmm... Isso é graças a uma fusão entre a falta de vontade de ir a luta e o maxismo. Mas enfim, só quem pode mudar isso são vocês mulheres.

Venha Participar do IBlog.

http://iblogworld.blogspot.com/
http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=57401189

Ronaldo disse...

Agora cabe a maioria das "eleitoras" votarem na minoria das "candidatas"

Bia Nascimento disse...

Mulherada tem q caprichar na prox eleição hein!!
do jeito q está não dá!!!!!

Nido. disse...

Ou seja: Mulher gosta de pegar fila para votar, mas ainda não gosta de aplicar!

Lidianne Andrade disse...

por um breve momento esqueci q este era ano de eleições
espero q estejas bem
beijos

Tecnologia do Blogger.