Por que o choro da Maísa incomodou tanto?



Nas últimas semanas a mídia não fala em outra coisa além do fato da justiça ter proibido que a pequena Maísa Silva participe do “Programa Silvio Santos” devido aos dois últimos episódios. O primeiro a menina sai correndo do palco chorando de susto com um cantor mirim que estava com o rosto pintado. No segundo caso Silvio Santos relembra a garota do choro e ela incomodada com o assunto saí do palco e bate a cabeça em uma das câmeras.
Diante disso a opinião pública partiu pra cima do Homem do Baú, como se ele tivesse culpa no incidente da menina, uma garota de 7 anos que é sucesso na TV justamente por sua espontaneidade não poderia ser privada de agir de forma natural diante das câmeras.
Só que o Ministério Público entrou com ações para impedir que a garota continue no ar, alegando que o programa "Silvio Santos" não observou o direito à liberdade e o respeito à dignidade do ser humano em desenvolvimento, garantidos pela Constituição e pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
No ofício, o promotor Pedro Antonio pede que a análise do Ministério das Comunicações observe os artigos 5º, 17, 18, 232 e 249 do ECA, criado para proteger as crianças de abusos, como a exposição indevida e vexatória.
Não há exposição vexatória no choro inocente de uma criança que se assusta como todas as outras. Exposição vexatória é uma criança obrigada pelos pais a pedir esmolas nas ruas, é induzir uma criança a fingir que tem deficiência física para conseguir dinheiro nos faróis. Isso sim tem que ser proibido, mas o MP está mais ocupado com casos da mídia.
Enquanto querem proibir o trabalho da apresentadora mirim, existem milhares de crianças que não tem acesso às escolas e não vemos nenhuma movimentação social em prol da solução desse problema.
Os twitter mais famosos da internet criticavam Silvio Santos se esquecendo que o trabalho da Maísa é muito bem remunerado e conta com o total apoio dos pais, responsáveis legais por ela, sendo assim não há exploração de trabalho infantil o que ocorre em milhares de usinas e fábricas pelo Brasil afora.
Enquanto estão preocupados com a Maísa inúmeras crianças são exploradas e abusadas e nós e o MP não fazemos nada para mudar isso!!!!

Um comentário:

BLOG DO JORGE disse...

Na minha opinião um salário poupudo não compensa os traumas emocionais que podem criar nessa menina.Como exemplo temos a Simony do Balão Magico.

Tecnologia do Blogger.