De quem é a culpa?

Marginal Tiete alagada // Foto: Futura Press


Diante dos desastres causados pela chuva que castigou a cidade de São Paulo ontem, várias pessoas se manifestaram culpando o atual prefeito da capital pelos alagamentos, deslizamento de terra, mortes e pelo trânsito. Na quero defender ninguém, mas quero mais uma vez lembrar que esses problemas são fruto de uma série de ações que nós como sociedade causamos.
Vi até mesmo um senador do partido do governo divulgando no twitter que as obras do governo e da prefeitura de SP fracassaram, mas vamos lá: o PT também assumiu a prefeitura e diante dos acontecimentos de ontem os resultados seriam os mesmos, ou seja, muita coisa precisa ser feita sim, mas na hora que assumem o poder nada fazem. Simples assim.
Como sempre essa política brasileira só consegue enxergar o defeito do time opositor e pouco se importa em realmente resolver os problemas da população. Concordo que pagamos impostos de mais e que os serviços básicos deveriam ter um pouquinho de qualidade, mas infelizmente a classe política está mais interessada em encher os bolsos de dinheiro.
Acredito que há uma culpa coletiva, tanto deles como nossa. Sim, culpa nossa. Não só por elegê-los e por alimentarmos esse sistema de acusação entre partidos, mas também somos culpados de não cobrar melhorias e em caso de alagamento ainda somos culpados pela quantidade de lixo jogada em lugares indevidos. Ainda dá tempo de acordar a sociedade brasileira.

Um comentário:

Pobre esponja disse...

A culpa é de muita gente - até dos que fazem cxasas aonde não se deveria fazer, mas esses, coitados, nem conseguem ter um lar. Óbviamente que, como disse, um partido acusa o outro e fica por isso, e é deles a maior parte da culpa. Uma coisa tenho certeza: São Pedro é o mais Santo nessa questão! A chuva não tem culpa alguma, veio antes de toda e qualquer cidade...

abç
Pobre Esponja

Tecnologia do Blogger.