terça-feira, 30 de março de 2010

O conto se desfaz


Quem nunca se derreteu em ver as interpretações brilhantes da nova "namoradinha" da América, a Sandra Bullock, em comédias romanticas que deixam muitas mulheres, inclusive eu, sonhando com um sonho perfeito, um romance perfeito. Um faz de contas que no final termina bem e todos são felizes para sempre.

Dizem que é a maldição do Oscar, mas depois de receber esse importante prêmio ela perdeu um prêmio que era ainda maior: o marido. E da pior forma possível: traição. Li numa revista que ela se casou tarde e as diferenças do casal tornavam o casamento perfeito. Mas como tudo que é perfeito, um dia chega ao fim...

Fiquei surpresa quando vi as noticias sobre o caso. As amantes expondo publicamente detalhes do caso para ganhar notoridade na mídia e conseguindo colocar em xeque o que muitas de nós ainda sofremos por acreditar... É o limite entre o real e a ficção. Na vida real não é possível ser feliz para sempre.

Infelizmente o sonho perfeito não existe. Ele pode até ser bom enquanto durar, mas não é para sempre. Nada é para sempre. É isso que tenho aprendido nos últimos anos. A gente pode até tentar e pode ficar por muitos anos vivendo com alguém como se ainda estivesse sonhando. Mas um dia esse sonho vai acabar. Isso não impede de você sonhar outra vez, mas não vai ser igual. Vai ser outro sonho. Outra história.

Você precisa estar preparado para ver o sonho acabar. Essa é a maior lição da vida.


sexta-feira, 26 de março de 2010

Hora do Planeta 2010

Amanhã, dia 27 de março, acontecerá a manifestação por um planeta sustentável chamada de Hora do Planeta. Das 20h30 até as 21h30 os participantes apagarão as luzes para simbolizar a preocupação com o meio ambiente.
Assim como no ano passado, esse alerta tem movimentado milhares de pessoas no Brasil e no mundo. Até agora mais de 70 cidades brasileiras estão engajadas no movimento global e irão mobilizar seus moradores, desligar as luzes de pontos turísticos e organizar eventos. Entre elas está a capital paulista que apagará as luzes de monumentos importantes para a cidade como, por exemplo, Ponte Estaiada, Monumento às Bandeiras e o Viaduto do Chá.

Num mundo cada vez mais conectado, o site oficial da Hora do Planeta, convoca os internautas para serem repórteres durante o evento, fotografando, filmando ou até mesmo twittando dicas do que pode ser feito durante essa uma hora de escuro.

É muito importante defender causas que fazem todo o sentido, principalmente nos últimos anos onde a natureza vem "reclamando" dos mal tratos que tem sofrido: terremotos cada vez mais fortes dizimando sociedades, o calor excessivo, as chuvas e etc... Está na hora de lutarmos por um planeta melhor. Então, seja consciente e abrace essa ideia!


Quer saber mais sobre os trabalhos da WWF-Brasil? acesse o Site Oficial


Dicas para uma hora sem energia:

  • Ouvir músicas no MP3,

  • Jantar a luz de velas,

  • Sair na rua para conversar com vizinhos,

  • Bater papo no telefone...


Tem mais alguma dica? Espalhe!!!

sábado, 20 de março de 2010

É a sua cara!

Quem nunca foi surpreendido com essa frase que pode ter vinda acompanhada de um presente ou simplesmente como forma de felicitação. Essa semana ouvi muito isso enquanto comemorava com amigos a conquista de um freela muito bom que consegui.
Essa frase é na verdade um feedback de como as pessoas te veem e o que elas acreditam que combina com você. No meu caso, é algo positivo, porque eu sempre desejei chegar perto do trabalho que fui chamada para fazer.
Mas poderia ser diferente né? Poderiam dizer que eu sou a cara de algo que na verdade não tem nada a ver comigo. Já pensou!? Já ouvi de uma amiga que ganhou um presente tão feio que ficou traumatizada. Ela pensou: será que eu realmente me pareço com isso?
Seria legal parar para pensar sobre a imagem que você passa. Talvez você esteja aparentando algo que não reflete a sua verdade, o seu jeito ou o seu estilo. Isso vale para tudo, tanto no trabalho como gostos particulares.
É interessante isso... sempre recebo dicas de filmes que são "a minha cara" segundo meus amigos e sempre acabo concordando. Eles sabem do que eu gosto e do estilo que eu tenho. E dessa vez souberam me comparar com um grande sonho que começo a realizar na segunda.
E você hein? Que imagem você tem passado?? Será que suas atitudes mostram realmente a sua cara??

sexta-feira, 12 de março de 2010

Choc Choc Chocolate

A páscoa chegando e as prateleiras se enchendo de ovos e bombons... para quem se declara chocolátra, como eu, não precisa de tantos anúncios para ser tentado a entrar na loja e comprar essas delícias. Já houve épocas em que eu gastava mais com chocolates do que com o almoço. É como um vício e a abstinência me deixa com um mal humor terrível.
Já fiz pesquisas sobre isso e aprendi que o chocolate libera no organismos substãncias que produzem serotonina (hormônio responsável pela sensão de bem estar e prazer) sabe aqueles dias que você não está se sentindo bem? Triste, cansada, desanimada e etc?? Só fico melhor depois de comer uma barrinha.
Mas atenção: nosso "melhor amigo" é rico em gorduras saturadas e, por isso, rico em calorias o que pode pesar na balança. Vi em um filme (Minhas adoráveis ex-namoradas) que o cara não dava chocolate de presente para suas namoradas porque ia direto para o culote. Achei engraçado, mas comecei a reparar no meu...
Como todo doce é importante manter uma disciplina para não fazer mal... a gordura entope os poros e você fica cheia de espinha... ninguém merece. Sem contar o diabetes e o colesterol, então vale a pena consumir com moderação é difícil, eu sei, mas não impossível. Então antes de se comer seus ovos de chocolate de uma vez lembre disso. E se você ganhar muitos divide comigo, ok?

sábado, 6 de março de 2010

Mulheres boazinhas não enriquecem e não casam

¿Será?

Nos últimos anos peguei o gosto por livros para “mulherzinhas” os temas destinado a elas são apenas dois: carreira e relacionamento, talvez por isso eu tenha me interessado tanto por essas leituras.
As lições de coachs ou experts em relacionamentos ensinam que para se ter sucesso e um bom relacionamento é necessário deixar de ser boazinha. Mulheres boazinhas são, na maioria dos livros, pessoas que não se valorizam ou que tem idealizações baseadas em filmes hollyhoodianos onde no final as pessoas vivem felizes para sempre.
Eu guardo esse sonho. Não vejo nada de errado em projetar uma vida pensando no final feliz, tanto na carreira quanto na vida afetiva. Mas confesso que depois de tanto bater a cabeça eu começo a identificar atitudes que realmente pessoas boazinhas cometem e que sabotam toda uma carreira e por que não todo um sonho e por isso leio atentamente as dicas desses livros.
É só preencher o questionário (alguns livros tem teste no começo) que lá vem lições de “como deixar de ser boazinha”: Pense mais em você; invista em você; não demonstre estar disposta demais para atender o parceiro; seja difícil, mas nem tanto; dê mole, mas nem tanto; seja você mesma, mas aceite mudanças...
São lições pesadas, não dá para deixar tantas atitudes erradas assim de uma hora para outra e depois vêm as contradições da vida... lições que você tenta aplicar e não consegue ou melhor não dá o resultado que você achou que daria. Por exemplo: dizem para você não mostrar tanto interesse pelo o rapaz. Você vai lá e sutilmente finge que não está nem aí... Dias depois ele aparece com outra... E aí, ein? Dançou!
E tem mais: para ter uma carreira brilhante você não pode aceitar menos que você merece. Te perguntam a sua pretensão salarial e você diz toda alegre e confiante o valor (baseado em uma tabela de preços) do seu trabalho e o entrevistador fica gago e contrata alguém que aceita ganhar menos.
Bom, esses são alguns contrates da vida... Não podemos ganhar todas, afinal, nem mesmo as mulheres “poderosas” (as que não são boazinhas) conseguem ganhar todas as batalhas, não é mesmo?
Eu indico esses títulos.
*Mulheres Boazinhas não Enriquecem
*Mulheres Ousadas Chegam Mais Longe
*10 PAssos para Ser Uma Mulher de Sucesso
*O que toda Mulher Inteligente Deve Saber
*Mulheres Certas que Amam Homens Errados
*Por que os Homens Amam as Mulheres Poderosas
Você já leu algum desses? Gostou? Tem algum outro para indicar?

quinta-feira, 4 de março de 2010

Você já seguiu algum conselho?

Passo muito tempo conversando com amigos e é impossível passar um dia sem dar ou receber conselho. Acredito que isso acontece com todo mundo. Mas alguém já seguiu algum conselho e funcionou? Eu não, mas estou começando a entender o motivo.
Sempre que alguém termina o relacionamento vem um amigo dizer " ele não te merecia", "ela é menos do que você precisa" e blábláblá. Conselhos que por hora podem até fazer bem ao ego da pessoa abandonada, mas depois de umas horas não terá efeito nenhum. Quem está nessa situação precisa do amado de volta e não de conselhos.
Quando alguém perde emprego então... aparece centenas de pessoas dando conselhos de empresas que estão contratando, sites de emprego e etc... Todo mundo querendo dar conselho, mas quem está desempregado precisa de um novo trabalho e não de conselho.
Mas se eles nunca funcionam o por que não conseguimos viver sem eles? Por que não paramos de "dar" palpites que, em muitos casos, não trazem soluções nem a nós mesmos?
Ando reparando que eu passo o dia pedindo ajuda sobre questões que só cabe a mim decidir. Sei que não sou muito clara e talvez por isso peço ajuda, mas nunca segui nenhum conselho que me deram, e perguntando á algumas pessoas percebi que muita gente também não segue.
Você pode dizer: o problema está aí. Se você fizesse o que te falam você teria resolvido esses problemas, mas te digo que não. Os conselhos são sempre os mesmos e quem está em uma situação difícil (seja em que área for) com certeza já tentou muitas formas para superá-la. Se os conselhos fossem algo novo que mostrasse um novo angulo ou sei lá o que, tudo bem. Mas acredito que não seria mais conselho e sim uma sessão de terapia.
Fica difícil seguir acreditando em frases prontas, montadas para, por um momento, acalmar a pessoa e tentar fazer com que de uma forma tranquila ela mesmo tente encontrar lá no fundo a saída e quem sabe ser feliz. Acredito que seja esse o motivo do conselho ser dado e não vendido... Como se fosse um site de notícias. O conselho é só o lead, se quiser ver a matéria na integra tem que pagar, ser assinante e encontrar o resto dentro de uma página que tem acesso restrito.
Você já seguiu algum conselho? Me conte.