O futuro dos jornalistas

Um mercado saturado. Empresas que exigem muito, mas pagam pouco, isso é, quando pagam! Anos de estudos e no final o diploma nem é mais necessário. Daí eu me pergunto: qual será o futuro dos jornalistas?
Estive conversando com alguns amigos e colegas de profissão que passam pelo mesmo sufoco que eu ao tentar voltar ao mercado de trabalho e percebi que o problema é bem mais sério do que eu imaginava.
O profissional de comunicação que busca uma nova oportunidade precisa estar disposto a tomar chá de cadeira, a passar por testes incoerentes, a suportar preconceitos, se adequar a exigencias desnecessárias e, sobre tudo, aceitar um salário incompatível com o cargo.
É por esses e tantos outros motivos que tem muita gente mudando o rumo de suas carreiras. Jornalistas brilhantes que preferem uma vaga mais "segura" em outra área do que essa dança da cadeira que acontece nas empresas jornalísticas.
Há quem se sinta seguro em se tornar PJ e oferecer serviços diversos dentro da área de comunicação. Aliás, muitas empresas preferem contratar nesse regime, porque infelizmente contratar no regime CLT sai muito mais caro, graças aos impostos abusivos.
Mas não é todo mundo que consegue uma cartela fixa de clientes que garanta pelo menos o pagamento das taxas mensais que uma pessoa jurídica precisa honrar.
O que vai acontecer com quem não faz parte de grupo?
"Tem profissionais partindo para área de propaganda e marketing, mas não é fácil se adequar às suas mudanças da rotina de trabalho", diz uma jornalista que está mundando seu foco profissional.
Uma outra amiga lembrou do crescente mercado de redes sociais. Uma área promissora que pode sim aproveitar a mão de obra em excesso dentro dos veículos de comunicação.
Tem amigos que desistiram totalmente e tem o jornalismo somente como hobby já que não conseguiram sobreviver dele.
E eu, bom, eu ainda não sei o que vai acontecer comigo!

Também está em busca de trabalho?
Twitter com vagas na área de comunicação: @umalauda @link_zero @tramposfreela @frilas

2 comentários:

observador disse...

Olá, parabéns pelo blog. Tamabém sou jornalista formado e me identifiquei muito com o texto, devido a dificuldade do mercado, acabei partindo para a assessoria de imprensa e também atuando na web,com sites e blogs,além de fotografia e filmagens.Tenho um blog,acesse,comente e se gostar siga-o www.oobservador-ricardoabreu.blogspot.com
Um abraço.

Liou disse...

Interesante...

Tecnologia do Blogger.